Skip to content

Donnie Darko

15/02/2010

Donnie Darko – por Lucas Veloso

Uma verdadeira pérola a sair logo no início desse século, no Halloween de 2001. Prontamente ignorado pelos adolescentes da época, que queriam algo mais assustador no seu dia das bruxas, e transferido (consagrado?) ao status de cult que devia ter tido, desde o começo.

Richard Kelly entrega um filme altamente bizarro, mas ao mesmo tempo estranhamente emocional e tocante, na história do amaldiçoado Donnie Darko, preso numa linha de tempo corrompida que ele tentará reparar ao longo dos próximos 28 dias. Devo dizer que a história é altamente complexa, e só pude entendê-la completamente (?) ao pesquisar as diversas teorias na internet, e assistir à versão do diretor, mais longa e expositiva. Há de se argumentar que o filme complica só pelo prazer de complicar, mas é a visão do cara, quem se dispor a ultrapassar a barreira restritiva do filme pode acabar gostando. Em termos visuais, o filme se sobressai: Ele nos traz um contraste entre claro e escuro em todas as cenas, e ao mesmo tempo em que queremos habitar a simpática cidadezinha de Donnie, há algo sórdido pairando naquele lugar, que nos força a pensar duas vezes. Os efeitos, modestos, são eficientes e cumprem seu propósito. Vale mencionar também o “coelhão” Frank, guia de Donnie em sua jornada e macabro até a medula. As atuações estão muito boas, e o elenco misto (famosos e não-famosos, jovens e veteranos) acerta em cheio. A principal revelação é Jake Gylenhaal, usando a dose certa de estranheza e vulnerabilidade na composição de Donnie (aqui ele atua ao lado de sua irmã na vida real, Maggie). Outra curiosidade é a presença de Daveigh Chase, que viria a se tornar Samara, em O Chamado. Ela é a fofa e inocente irmã mais nova de Donnie, Samantha.

O fenômeno cult continua na internet, onde é fácil achar páginas e mais páginas de teorias sobre o filme. Pelo menos, Donnie Darko pôs nossas mentes para trabalhar, o que é mais do que se pode dizer do seu habitual filme de suspense/terror.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: