Skip to content

ESPECIAL Mortal Kombat

03/03/2010

Se fizemos um post sobre o maior jogo de luta do mundo, não poderíamos deixar de fazer um com o maior jogo de luta do mundo em que se arranca cabeças… esse é o especial MORTAL KOMBAT!!!

Como dissemos no especial Street Fighter, o fliperama de SFII foi uma febre ao longo do ano de 91. E embora nunca tenha exatamente perdido essa popularidade, em 92 ele sofreu um baque… ou deveríamos dizer um “fatality”? A softhouse Midway colocou no mercado Mortal Kombat, com a promessa de se destacar dos demais jogos de luta. E conseguiu: MK usava gráficos digitalizados, isso é, imagens de atores de verdade eram capturadas e transformadas nos personagens do jogo. Além disso, quando você batia no personagem, litros e litros de sangue voavam pelo ar, num nível de violência pouco comum em games até então. Sem contar o “Fatality”: um movimento final que encerrava a luta de forma… sim, fatal. E haja cabeças arrancadas, corpos queimados, perfurados, congelados, explodidos… a garotada ia à loucura.

Lute ou morra… ou melhor, lute E morra.

Sem dúvida, vendo hoje em dia, é um pouco engraçado de tão rudimentar: os arqui-rivais ninjas Sub-Zero e Scorpion eram essencialmente o mesmo cara, só mudavam a cor do uniforme. Os outros personagens, Rayden, Liu Kang, Shao Kahn, Kung Lao e derivados pareciam saídos de um filme de Kung Fu B do “Domingo Maior”. Nem comento então a agente-secreta-com-roupa-de-professora-de-aeróbica Sonya Blade, ou o “Van Damme genérico” Johnny Cage. Era sem dúvida, uma turma das mais coloridas. Os golpes e gritos de guerra bizarros, a exemplo de SF, também ganharam notoriedade.

Bom, com sangue voando, é claro que a garotada consagraria o jogo. Não demorou para surgir uma continuação (não mesmo: um ano!), e MKII trazia novos personagens além dos já conhecidos, mais movimentos, mais fatalities, e novas modalidades de finalização, inclusive os infames babalities (transformava os inimigos em bebês) e friendship (o personagem fazia alguma gracinha qualquer). Na visão dos fãs, foi mais ou menos aí que a série começou a virar palhaçada. Até MKIII, em 95, já tinha de tudo: vários fatalities para cada personagem, cada um mais difícil de executar que o outro.

Não deixe o anúncio te enganar: esse era, sim, um dos maiores jogos de luta dos anos 90!

Foi nessa época também que a série ganhou um filme. Apesar de melhor do que o filme de SF, não era também grande coisa, e agradou mais aos fãs mesmo. A trilha sonora no entanto, com uma mistura de rock e techno, ficou bem bacana. O final do milênio passado e início do novo não foi muito generoso com nenhum jogo de luta, e com MK, não foi diferente: a série perdeu um pouco do fôlego, apostando em derivados de adventure como Sub-Zero Mythologies, e se rendeu a modelagem de personagens e jogabilidade em 3D, que era o que estava rolando de mais “quente” nos jogos de luta. Devo admitir que parei de acompanhar mais ou menos por aí. Pra mim, o charme da série estava na tosqueira simpática dos gráficos “filmados” e fatalities mais simples dos primeiros jogos.

Claro que muita gente continuou enchendo os cofrinhos da Midway, o suficiente para ela continuar lançando mais jogos, que tentaram inovar na jogabilidade e uso de armas também. Inclusive, há uns 2 anos, lançaram um jogo em que os personagens de MK enfrentavam os da DC Comics, num encontro improvável, mas interessante, de acordo com quem jogou. Esse flerte acabou levando a Warner Bros (proprietária da DC) a adquirir os direitos da franquia de uma Midway agora à beira da falência.

O futuro da série é em 3D?

Agora, é um pouco difícil saber o que a Warner pretende fazer… se teremos mais jogos, e que direção eles vão tomar. Seja como for, Mortal Kombat sempre será lembrado como o jogo que deu sangue (literalmente!) para mudar os games de luta nos anos 90.

Abaixo, confira um interessante video sobre a produção do primeiro jogo. Dá pra notar que os atores realmente se divertiram. ATENÇÃO: nostalgia em alto nível. Prossiga por sua conta e risco…

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: