Skip to content

Beijos e Tiros

14/07/2010

Beijos e Tiros – por Lucas Veloso

Shane Black era o nome em Hollywood nas décadas de 80 e 90 para escrever filmes de ação. Sua maior criação foi a série Máquina Mortífera. Depois, seu nome deu uma esfriada e em 2005 ele dirigiu seu primeiro filme, esse Beijos e Tiros. Vendo o filme, parece que o cara usou sua reclusão para escrever algumas das cenas de ação e diálogos mais engraçados já vistos (num filme policial, pelo menos). O filme em si, não é grande coisa, mas os diálogos e situações são inusitados e hilários. Temos Robert Downey Jr como um trambiqueiro tentando virar ator num filme policial. Temos Val Kilmer como o detetive gay que irá treiná-lo. E temos Michelle Monaghan como a amiga de infância de Downey Jr. que o reencontra em Hollywood. O humor do filme não é para todos. Dizer que é apenas “humor negro” não dá conta do que é a estória. Basta dizer que é altamente incomum. Um filme bom para se ver no hiato entre os filmes policiais da temporada.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: