Skip to content

Selma

27/02/2015

selma

Selma – por Lucas Veloso canecacanecacaneca

Acredite se quiser, eu era um dos que esperava uma boa cinebiografia de Martin Luther King. Não que não houvessem outros filmes sobre ele, mas eu digo, com os valores de produção atuais, com aquela fotografia bacana que nos acostumamos a ver nos indicados ao Oscar. Bom, daí veio esse “Selma” e devo dizer que não me decepcionei. Primeiro, quase deixei passar, enganado pelo nome genérico. Mas quando soube qual era o tema, corri atrás. Na maior parte, o filme sofre com o mal das cinebiografias: excesso de didatismo, muito blábláblá e tentativa de transformar todas as falas em frases inspiradoras. Mas quando pega fogo, é pra valer: as cenas dos protestos e confusões com a polícia são de arrepiar até careca. Impressionante como saber que aquelas cenas de violência realmente aconteceram as tornam mais gráficas e incômodas do que qualquer coisa que um filme de terror possa jogar em sua direção. Igualmente impactantes são os discursos do Dr. King, interpretado com habilidade e força por David Oyelowo. Não ficam devendo aos discursos originais. Completam o deslumbramento o elenco coadjuvante de estrelas, entre elas Tom Wilkinson, Tim Roth, Giovanni Ribisi, e ninguém menos que a “Hebe Camargo americana”, Oprah Winfrey, num papel secundário. A já citada fotografia bacana? Funciona muito bem! Se a diretora Ava DuVernay peca no ritmo do filme, sua filmagem é impecável, usando e abusando de planos diferenciados, para manter o interesse numa história que se sustenta muito em diálogos. King é retratado, por meio de planos diferenciados, ora como o grande líder, o mito, filmado de baixo, ora como o homem comum, perdido na multidão, ora como o marido e pai vulnerável, pequeno no frame. Não é original, mas cai bem. O filme todo cai bem, na verdade. E (spoiler) não, não rola o momento “Eu Tenho um Sonho”… se é essa a parte que você está esperando.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 27/02/2015 1:50 AM

    Bravo Lucas, quero ler mais que vc escreve!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: